BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
09/06/2021
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, fala em reunião do Conselho da Ibá

A reunião do Conselho Deliberativo da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) de junho contou com palestra do Presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, a convite do Presidente do Conselho Deliberativo, Horacio Lafer Piva; do presidente do Conselho Consultivo, Daniel Feffer; e Presidente Executivo, Paulo Hartung. Foram mais de 80 participantes nessa reunião privada para associadas e convidados. O diretor executivo da AGEFLOR Jorge Heineck e o presidente do Conselho Diogo Leuck acompanharam a reunião de modo online.

Antes da fala do Senador, Paulo Hartung, Presidente Executivo da Ibá, reforçou que ele é uma liderança importante no presente e terá um papel extremamente relevante na política mineira e brasileira nos próximos anos.
Já o presidente do Conselho Deliberativo, Horacio Lafer Piva, apresentou o convidado reforçando seu papel em um cenário desafiador. “O senador Rodrigo Pacheco trabalha com a difícil arte de construir bom senso que é uma tarefa que demanda muito talento, mas tem posição fundamental de condutor de uma pauta que faz toda diferença para nós todos, para a sociedade brasileira e para o setor empresarial, como esta indústria aqui, de árvores cultivadas, pautada pelo futuro ao mesmo tempo que está ancorada nos conceitos do ESG (ambiental, social e de governança na sigla em inglês)”.

O presidente do Senado Federal sinalizou que o debate é fundamental e que o aparar de arestas para se identificar o objetivo comum faz parte da gestão política. “O Senado Federal atingiu uma maturidade e tem contribuído muito com a sociedade brasileira. Acredito que o Senado está sendo capaz de gerar soluções por meio do diálogo franco e aberto. Os primeiros dias de condução foram os mais produtivos da história, com diversos projetos votados, inclusive o 534, do qual tenho orgulho de ser autor, que estabeleceu a possibilidade para que União, Estados e Municípios adquirirem vacinas, assumindo seus riscos para tanto. Sentamos em uma mesa com a OMS, base governista e demais representantes para que com diálogo chegássemos a um resultado efetivo”, disse.

Dentro dessa linha de conversa e de diálogo, Rodrigo Pacheco reforçou que está aberto para novos momentos de conversa com o setor.

Após a fala do Senador Rodrigo Pacheco, teve início a pauta interna do Conselho e destaque para temas de comércio internacional, como os CBAM, com manifestações dos embaixadores Celso Lafer e o Marcos Galvão.

 
Voltar