BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
02/06/2021
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Duratex prossegue otimista no médio prazo

Companhia tem expectativa de demanda por materiais aquecida até 2023, segundo presidente informou em Live do Valor Econômico.

O entrevistado da Live do Valor da segunda-feira (31) é o presidente da Duratex, Antonio Joaquim de Oliveira. Aos 60 anos, Oliveira está à frente de uma das maiores empresas de materiais do Brasil. Há mais de 30 anos, faz parte dos quadros da Duratex e, em 2013, assumiu o comando da companhia. Desde então, a empresa comprou a Cecrisa e fechou joint venture com a Lenzing para a criação da LD Celulose.

Com atuação produtos de acabamento — painéis de madeira, louças e metais sanitários, chuveiros e revestimentos cerâmicos —, a Duratex tem apresentado forte crescimento nos últimos anos. No início de 2021, a companhia registrou seu melhor primeiro trimestre em lucro líquido, receita líquida, Ebitda ajustado recorrente e geração de caixa. Desde meados do ano passado, com a forte expansão da demanda por materiais de construção, as fábricas da Duratex estão operando à plena capacidade.

A entrevista, conduzida pelo editor-assistente de Indústria e Infraestrutura, Carlos Alberto Prieto, e pela repórter de mercado imobiliário e materiais de construção, Chiara Quintão, pode ser vista pelas páginas do Valor no YouTube e no LinkedIn.

 
Voltar