BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
10/01/2018
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Programa Colmeias da Fibria completa 15 anos e comemora alto índice de produção de mel no Vale do Paraíba (SP)

Projeto Colmeia

Em 2017, o programa produziu mais de 31 toneladas de mel na região

A Fibria, empresa brasileira líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, comemorou em 2017, 15 anos de sucesso do Programa Colmeias. Com o intuito de fortalecer a apicultura e fomentar o desenvolvimento da cadeia apícola, o Programa tem conquistado índices significativos e cada vez mais progressivos na produção de mel.

Atualmente, 78 apicultores que residem nas cidades de São Luiz do Paraitinga, Redenção da Serra, Santa Branca, Paraibuna, Cunha, Monteiro Lobato, São José dos Campos, Guaratinguetá, Guararema e Taubaté participam da iniciativa na região do Vale do Paraíba. Em 2017, a produção de mel atingiu a marca de 31 toneladas. O número se equipara a média nacional, ou seja, cerca de 17 quilos de mel por colmeia. Em 2016 a produção foi de 21 toneladas.

Entre os destaques nesses 15 anos de história, está a conquista da Cooperativa Agropecuária do Vale do Paraíba (Coapvale), localizada em Taubaté (SP), que recebeu cerca de R$ 290 mil, como resultado da venda de mel para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), em 2016.

“A Fibria baseia seu investimento socioambiental na estratégia de negócio e busca constantemente melhorar as condições econômicas e socioambientais das comunidades onde está presente. Nesta perspectiva, a análise do resultado que o Programa Colmeias trouxe à tantas famílias indica o quanto estamos no caminho certo”, diz Fausto Camargo, gerente-geral de Sustentabilidade da Fibria.

O Colmeias tem apresentado importantes avanços na atividade apícola na região e isso pode ser constatado por meio da orientação de consultores especializados que atuam no Programa. Por meio deles, os apicultores receberam noções estratégicas sobre manejo, gestão e comercialização do produto, proporcionando o aumento e a valorização da atividade.

O objetivo agora é promover, para os próximos anos, o incremento de tecnologias de baixo impacto ambiental que agreguem valor à cadeia produtiva, como a rastreabilidade do mel e o melhoramento genético das colônias de abelhas, além de apoiar os produtores na inserção do mel em novos mercados. Para isso, a Fibria tem a colaboração de parceiros que também acreditam no fortalecimento dos programas de geração de renda e ações sociais, como SEBRAE/SP, UNITAU (Universidade de Taubaté), CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) e Syngenta.
Principais marcos do Programa Colmeias na região do Vale do Paraíba (SP)

2015
• Inauguração do apiário experimental nas associações: Apicultores de Santa Branca (Agroapis), Associação Socioeducativa de Pequenos Produtores Rurais de Redenção da Serra (NUTRIR) e Associação Paraibunense de Apicultura (APA);
• Formação do Arranjo Produtivo Local do Mel (APL do Mel), uma parceria entre a Fibria, Sebrae/SP, UNITAU (Universidade de Taubaté) e CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) – órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo)

2016
• Inauguração do meliponário da Associação Paraibunense de Apicultura (APA), em Paraibuna (SP);
• Participação dos apicultores no 2ª Fórum do Projeto Microbacias Il;
• Conclusão da Casa do Mel da Associação Apícola da Alta Mata Atlântica (Apiama), em Cunha (SP);
• Assinatura do contrato de comodato entre a Associação de Apicultores de Santa Branca (Agroapis) e a EDP Bandeirantes para a criação de uma sede da associação e da Casa do Mel.

2017
• Participação dos apicultores da Cooperativa Agropecuária do Vale do Paraíba (Coapvale) na comemoração dos 50 anos da CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral).
• Fechamento do acordo de resultados APL – Arranjo produtivo local em apicultura sustentável do Vale do Paraíba, com parceiros da região. No total, serão investidos R$ 1.8 milhões nas atividades que serão desenvolvidas.

Sobre a Fibria
Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria é uma empresa que procura atender, de forma sustentável, à crescente demanda global por produtos a partir da floresta plantada. Com capacidade produtiva de 7,25 milhões de toneladas de celulose por ano, a companhia conta com unidades industriais localizadas em Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Três Lagoas (MS), além de Eunápolis (BA), onde mantém a Veracel em joint-operation com a Stora Enso. A companhia possui 1,056 milhão de hectares de florestas, sendo 633 mil hectares de florestas plantadas, 364 mil hectares de áreas de preservação e de conservação ambiental e 59 mil hectares destinados a outros usos. A celulose produzida pela Fibria é exportada para mais de 35 países e matéria-prima para produtos de educação, saúde, higiene e limpeza. Saiba mais em www.fibria.com.br

 
Voltar