BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
03/05/2022
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Ibá realiza evento sobre água no primeiro dia do Congresso Florestal Mundial, na Coreia

Relatório de água do setor de árvores cultivadas é lançado internacionalmente em side event organizado pela Ibá, IPEF e Diálogo Florestal

Nesta segunda-feira, 2, foi realizada a abertura do XV Congresso Florestal Mundial, organizado em Seul, Coreia do Sul. O evento tem como tema principal “Construindo com as florestas um futuro mais verde, saudável e resiliente” e durante os cinco dias são esperados mais de 12 mil participantes, entre presenciais e remotos, de aproximadamente 44 países. A cerimônia a contou com a presença do presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in; diretor-geral da FAO, Qu Dongyu; presidente da Associação Internacional dos Estudantes Florestais, Magdalena Jovanovi; Princesa da Jordânia, Basma Bint Ali; e o ministro do Serviço Florestal da República da Coreia Byeong–am Choi.

Neste primeiro dia, a Ibá lançou internacionalmente seu relatório de água em evento paralelo. A associação ainda participará ativamente de discussões sobre biodiversidade, quando lançará o primeiro Caderno de Biodiversidade do setor de árvores cultivadas; manejo florestal sustentável; o papel das florestas na retomada pós-Covid; biossegurança e diversidade.

Evento sobre água organizado pela Ibá

A Ibá organizou evento paralelo sobre gestão da água, em parceria com o Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais (IPEF) e o Diálogo Florestal. O evento atraiu a atenção de diversos perfis de profissionais, como associações, empresas florestais, arquitetos e representantes governamentais, como o Ministério Florestal de Fiji.

Também compareceram os dirigentes de entidades congêneres da Ibá na África do Sul, Jane Molony; EUA, Heidi Brock; e no Canadá, Derek Nighbor, este também presidente do ICFPA. Além da audiência presencial em Seul, houve participação online, com pessoas de diversas partes do mundo.

Na oportunidade, foi realizado o lançamento internacional do relatório de desempenho sobre gestão da água no setor de árvores cultivadas, intitulado “Cuidar da água é cuidar do futuro de todos”. Camilla Marangon, da Ibá, esteve à frente da apresentação do material que conta com 15 KPIs corporativos, florestais e industriais. Em sua fala, destacou o Código Florestal Brasileiro como um grande diferencial e ativo do país para a conservação da água.

“_Este é um setor que planta, colhe e replanta em 9,5 milhões de hectares e destina outros 6 milhões de hectares para conservação. Trata-se de uma indústria que trabalha de maneira responsável, aliando manejo sustentável e cuidado com a água _”, afirmou Camilla Marangon.

Também falaram Jane Molony (diretora executiva da Associação dos Produtores de Papel da África do Sul) apresentou estratégias para gestão da água no contexto das mudanças climáticas, em pais com severas restrições hídricas; Professor Silvio Ferraz (IPEF/ESALq), que sintetizou conclusões científicas sobre os efeitos das plantações quanto ao uso da água; apresentou estrutura analítica que relaciona a intensidade do manejo e as condições locais com distintos níveis de impacto nos recursos hídricos; e, por fim, definiu a abordagem para aumentar a resiliência das plantações, com destaque para o plantio em mosaico, em perspectiva de desenho que se amolde a cursos e corpos d’água; e Liz Felker (The Forests Dialogue – TFD), que apresentou a metodologia de diálogo adotada pelo TFD para discutir linhas de fratura e promover mudanças, com foco na Iniciativa de Água, que será lançada ainda esse ano, sob a liderança da Ibá, bem como outras iniciativas sobre plantações.

 
Voltar