BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
12/06/2018
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Empresa investirá R$ 1,5 milhão em Brochier

As empresas Madeze e Marosol, da RND Negócios Corporativos, implantarão em Brochier uma estufa para secagem da madeira serrada na região. O empreendimento tem a capacidade estimada de produção de mil metros cúbicos por mês. O investimento inicial será de R$ 1,5 milhão e deve gerar 10 empregos diretos. Num primeiro momento, as empresas que atuam em conjunto na área de reflorestamento, beneficiamento, processamento e exportação de madeira irão se instalar junto à EJJ Madeiras. Porém, o Executivo deve disponibilizar uma área de terras do Município para que a Madeze e a Marosol se instalem. No momento, a Prefeitura trabalha no licenciamento da área e na divisão em lotes.

Para trabalhar com a exportação de madeira, a Madeze e a Marosol possuem certificação internacional e oferecem consultoria para a certificação dos produtores locais. Conforme informações da RND Negócios Corporativos, os madeireiros da região vendem os primeiros cinco metros de tora por cerca de R$ 70,00 o metro cúbico, enquanto que o valor, caso o produtor seja certificado, pode alcançar R$ 240,00 o metro cúbico. Os empreendimentos do grupo exportam cerca de 20 mil metros cúbicos ao ano para países da América Central, América do Norte, Ásia e Europa.

Conforme o vice-prefeito e secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Indústria e Comércio de Brochier, Fernando Aurélio Braun, a silvicultura é muito forte no município. Segundo ele, o último senso agropecuário realizado pelo IBGE apontou que 60% do território brochiense era ocupado por plantações de acácia e eucalipto. A estimativa da Madeze e da Marosol é de que só em Brochier existam três mil hectares de eucalipto para serem cortados. Inclusive, as lideranças das empresas já estudam a instalação de uma estação de beneficiamento da madeira na região, gerando empregos e agregando valor ao produto local.

Saiba mais
A Madeze e a Marosol são empresas que fazem parte da RND Negócios Corporativos, uma holding que administra quatro empresas no Rio Grande do Sul.
A Madeze – que tem origem em uma madeireira com mais de 20 anos de Soledade – exporta anualmente 20 mil metros cúbicos de madeira serrada, entre elas peças de Eucalipto, Grandis ou Saligna, e Pinus, Eliotis ou Taeda. O destino é principalmente América Central, Ásia e América do Norte, tendo como principal desembarque a Costa Rica, Panamá, Vietnã, Estados Unidos e o Canadá.

A Marosol, que surgiu em 2014 para atender a toda a cadeia produtiva da madeira, atua no trabalho de reflorestamento e toda a madeira embarcada é extraída de áreas reflorestadas no Rio Grande do Sul. As toras são serradas, secadas, enfardadas e recebem tratamento fitossanitário, o que garante que o produto estará livre de pragas.

Ambas as empresas são certificadas pela Forest Stewardship Council (FSC) e, no caso da Madeze, ela ainda conta com a habilitação junto ao sistema Comex.

Fonte: Jornal Ibiá

 
Voltar