BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
03/08/2022
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Dexco antecipa meta de reciclagem e passa a compensar 100% das embalagens

Comprometida com as metas estabelecidas na estratégia de sustentabilidade, a Dexco acaba de anunciar que passou, a partir deste ano, a compensar 100% de suas embalagens que chegam ao consumidor final em todo o Brasil.

A Dexco, antiga Duratex, é detentora das marcas Deca, Portinari, Hydra, Ceusa, Durafloor e Castelatto — que contam com linhas de louças, metais, chuveiros, pisos e revestimentos cerâmicos.

Em parceria com a EuReciclo, certificadora de logística reversa, serão destinados para reciclagem materiais equivalentes aos das suas embalagens pós-consumo, com o objetivo de neutralizar o impacto no meio ambiente.

A expectativa é que sejam compensadas 9.700 toneladas de materiais — referente às embalagens circuladas em 2021 — , que terão um destino ambientalmente adequado, fomentando a cadeia de reciclagem no país.

O compromisso com a reciclagem estava previsto na Estratégia de Sustentabilidade da Dexco lançada em abril deste ano com prazo para 2025.

“Por meio dessa parceria fomos capazes de antecipar para este ano nossa meta, reforçando o histórico de comprometimento com valores ambientais e nossos esforços em trabalhar para contribuir com a transformação que o planeta passa em direção a uma economia mais verde”, diz Guilherme Setubal, gerente de ESG da Dexco.

Fundada em 1951, a Dexco — antiga Duratex — é hoje controlada pela Itaúsa — Investimentos Itaú S.A — e pelo Bloco Seibel.

Com sede administrativa em São Paulo, a empresa tem 22 unidades industriais e florestais localizadas em Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo, além de três fábricas de painéis na Colômbia.

Fonte: Veja/Coluna Radar

 
Voltar