BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
11/11/2020
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Talento Florestal 2020

Após o sucesso da primeira edição, a A segunda edição do Programa Talento Florestal será nos dias 17, 18 e 19 de novembro. É um programa com uma veia digital, social e multicultural, desenhado para unir e difundir o ensino de base florestal.

Um programa  destinado ao desenvolvimento do profissional do futuro, apresentando a realidade do mercado de trabalho, desafios e perspectivas.

Para as empresas uma ótima  chance de descobrir profissionais de várias culturas que vão fazer a  diferença na sua instituição. E, para todos, uma excelente oportunidade de troca de experiências e aprendizado.

Uma experiência focada em preparar profissionais para o desafio de construir e fortalecer o setor florestal brasileiro. É aqui que Talentos encontram os caminhos para o futuro. É aqui que o futuro encontra os Talentos necessários.

COMO FUNCIONA

O Programa Talento Florestal é destinado aos melhores estudantes matriculados a partir do 8º período dos Cursos de Engenharia Florestal ranqueados até o 25º lugar no ENADE.

A indicação dos participantes será feita exclusivamente pelos coordenadores dos cursos. Cada coordenador indicará cinco estudantes que deverão possuir as melhores médias acadêmicas, com destaque em habilidade interpessoais, participação em atividades de pesquisa e extracurriculares.

Acesse a programação: https://www.talentoflorestal.com.br/programacao

AGEFLOR

Talento Florestal 2020

Programa digital, social e multicultural vai reunir estudantes de engenharia florestal de todas as regiões do Brasil para uma experiência impactante

A Malinovski vai reunir os melhores alunos de cursos de engenharia florestal do Brasil, entre universidades públicas e privadas. Serão três dias de muita interação e desenvolvimento profissional.

A primeira edição do programa Talento Florestal aconteceu em 2019, nas dependências do Centro de Ciências Florestais e da Madeira da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba. Na época, foram reunidos 97 estudantes de 25 cursos de todo o Brasil. Desta vez, por questões de segurança, o Talento Florestal será online, mas nem por isto será menos desafiador.

Foto: Equipe vencedora do Talento Florestal 2019: Brenda Alencar (UFVJM), Mayara Biliati (ESALQ), Carmela Scipioni (UESB) e Gabriel Alvarenga (UFPR).

Foto: Equipe vencedora do Talento Florestal 2019: Brenda Alencar (UFVJM), Mayara Biliati (ESALQ), Carmela Scipioni (UESB) e Gabriel Alvarenga (UFPR).

No primeiro dia haverá apresentações de gestores de empresas que atuam no setor florestal brasileiro e um desafio será proposto aos estudantes. No segundo dia acontece formação de equipes e resolução do desafio. No terceiro e último dia as empresas participantes apresentam suas oportunidades de estágio e são conhecidas as equipes vencedoras.

Gabriel Alvarenga participou e foi um dos vencedores do Talento Florestal em 2019. Ele conta que ficou sabendo do programa através das redes sociais da Malinovski. O estudante do décimo período de engenharia florestal na UFPR na época, conta que o programa lhe proporcionou uma aproximação com o mercado e que, segundo ele, é fundamental no final da graduação. “Tivemos contato com várias lideranças das empresas participantes, o que contribuiu para entendermos como funciona a visão dos gestores e as tomadas de decisão.”

Sobre o desafio, Gabriel avalia que o curto tempo deixou a disputa mais interessante. “Tivemos um prazo apertado, o que foi interessante para trabalharmos sob pressão e construirmos uma solução para o que foi proposto no desafio. Culturalmente também foi muito rico, pois tivemos contato com futuros colegas de trabalho de todo o país e com diferentes realidades. Conheci pessoas que tenho forte contato até hoje. Foi um ótimo networking”, lembra ele.

A participação no Talento Florestal rendeu ao estudante mais do que um troféu e ótimos relacionamentos. “Tive oportunidade de me expor para várias empresas. Me proporcionou entrevistas para estágio, entre elas com a Suzano, onde estou trabalhando hoje como analista. O Talento Florestal me abriu a primeira porta para o mercado”, afirma.   

Este ano o programa Talento Florestal vai reunir 118 estudantes de 28 universidades. Ele só é possível com a participação de empresas e instituições que, junto com a Malinovski, acreditam no potencial do setor em nosso país. Nesta edição participam: Aperam, Klabin, Bayer, Duratex, Komatsu, Abimci, Ponsse e Suzano.

“O programa Talento Florestal tem uma veia digital, social e multicultural e foi desenhado para unir e difundir o ensino de base florestal no Brasil. Queremos que cada vez mais pessoas talentosas se interessem pela profissão e que o Talento Florestal seja uma ferramenta catalisadora e potencializadora deste interesse. Essa é uma das nossas maneiras de contribuir para o desenvolvimento do setor florestal em nosso país”, diz Ricardo Malinovski, CEO da Malinovski.

A segunda edição do Programa Talento Florestal ocorrerá nos dias 17, 18 e 19 de novembro. O primeiro dia terá transmissão aberta via YouTube, pelo canal da Malinovski (MalinovskiOficial). 

 
Voltar