BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
19/02/2022
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Panorama de gênero do setor florestal 2021

A Rede Mulher Florestal acaba de lançar o Panorama de Gênero do Setor Florestal 2021, segunda edição da pesquisa com dados sobre a composição de gênero no setor florestal e algumas organizações.

Com moderação de Patrícia Nazário, conselheira diretora e engenheira Florestal, o evento online contou com a abertura de Mariana Schuchovski, presidente da Rede Mulher Florestal; Maria Harumi Yoshioka, conselheira diretora e coordenadora da publicação; Nathalia Granato, gerente de Sustentabilidade e Assuntos Florestais na Ibá e vice-presidente da Rede Mulher Florestal; Mônica Queiroz, responsável pela Comunicação Interna da Arauco no Brasil, Daniele Barros, analista de Desenvolvimento Humano na Ponsee; e Pollianne Dionor, gerente de Auditoria Interna de Processos na Suzano.

“Com esses dados, vemos avanços, mas ainda temos um caminho longo pela frente”, ressalta Nathalia Granato, gerente de Sustentabilidade e Assuntos Florestais na Ibá e vice-presidente da Rede Mulher Florestal.

O estudo contou com o apoio da Ibá, Arauco, Ponsee e Suzano. Ao todo, 41 organizações do setor de base florestal responderam à pesquisa. O levantamento demonstra que existe um avanço, porém tímido rumo à equidade de gênero no setor. A presença feminina aumentou 6% na comparação entre 2020 e 2021. Além disso, as áreas com maior presença feminina são Viveiro (51%); Meio ambiente, qualidade, certificação e social (43%) e Administrativo (37%).

“Os dados mostram que a realidade do setor ainda está distante da realidade brasileira. De qualquer maneira, todo o processo é muito importante para mostrar o engajamento das empresas em ações para endereçar o assunto. Hoje já temos diversos estudos que demonstram benefícios e soluções para problemas mais complexos, e ainda resultados financeiros com maior diversidade de gênero”, finaliza Nathalia Granato.

Clique aqui para conferir o estudo completo. 

 
Voltar