BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
08/09/2021
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Lançados na Expointer revista da Radiografia da Agropecuária Gaúcha e 5ª edição do Painel do Agronegócio do RS

A Expointer 2021 está com uma programação repleta de informações para o setor agropecuário. Um dos primeiros eventos, logo após a abertura dos portões foi o lançamento da revista digital Radiografia da Agropecuária Gaúcha 2021, publicada pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

A apresentação da edição ocorreu no auditório do prédio da Administração do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, com transmissão pelo canal on-line da Expointer.

O diretor do Departamento de Políticas Agrícolas da Seapdr, Paulo Lipp, fez uma demonstração dos conteúdos da revista. “A Radiografia mostra 64 culturas, oito cadeias produtivas, uma imensa gama de informações. O agronegócio gaúcho corresponde a 40% do PIB gaúcho, que em 2020 chegou a 473 bilhões de reais”, informou.

As culturas em que o Rio Grande do Sul tem mais destaque são arroz, soja, milho, avicultura, bovinocultura de corte e leite, suinocultura, trigo, tabaco, fruticultura, erva-mate e silvicultura.

A revista digital foi elaborada pelo Departamento de Políticas Agrícolas da Seapdr reunindo os principais segmentos, apresentando diversos dados como área colhida, produção, receita agropecuária, número de produtores, valores de exportação e principais destinos, participação na produção nacional e nas exportações do agro gaúcho, além de número de municípios produtores.

5ª edição do Painel do Agronegócio do Rio Grande do Sul é lançada

Informações sobre o impacto da agropecuária e do agronegócio na economia gaúcha, bem como dados dos principais segmentos do setor, da agricultura familiar e cooperativismo, além da indústria de máquinas agrícolas, estão na quinta edição do Painel do Agronegócio do Rio Grande do Sul, documento produzido pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE), vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) e divulgado na segunda-feira (6/9). Entre as novidades do estudo deste ano está a inclusão de material sobre as startups do agronegócio do Estado.

A publicação desenvolvida pelos pesquisadores Rodrigo Feix, Sérgio Leusin Júnior e Bruna Borges foi criada em 2015 e é tradicionalmente lançada durante o período da Expointer. O agronegócio contempla atividades agropecuárias (agricultura, pecuária, silvicultura, exploração florestal e pesca), produção de insumos e de bens de capital (fertilizantes, defensivos, máquinas agrícolas), indústria de transformação de matéria-prima agropecuária (alimentos, biocombustíveis, fumo) e atividades especializadas na oferta de serviços agropecuários e na armazenagem, distribuição e comercialização dos produtos do agronegócio.

O objetivo do estudo é contribuir para a análise conjuntural e estrutural do setor e ampliar o entendimento da sociedade sobre o papel dele no processo de desenvolvimento econômico gaúcho e brasileiro.

“A conhecida avaliação de que a economia gaúcha vai bem quando o setor agropecuário local avança acima da média nacional tende a ser validada mais uma vez em 2021. Além disso, os dados apontam que o Rio Grande do Sul mantém o protagonismo no processo de desenvolvimento de inovações para a agricultura brasileira, seja a partir das tradicionais indústrias de máquinas ou, mais recentemente, das atividades das startups do agronegócio”, destaca o pesquisador Rodrigo Feix.

Fonte: Governo do RS

 
Voltar