BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
03/11/2017
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Walter Lidio Nunes é palestrante na CIC em Caxias do Sul
2017-10-30-PHOTO-00000285
O vice-presidente da Cadeia Produtiva do Eucalipto da Associação da Ageflor, Walter Lídio Nunes, foi palestrante na reunião-almoço da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) de segunda-feira (30). O presidente da CMPC Celulose Riograndense fez uma reflexão sobre a conjuntura atual, os desafios para evoluir e o papel da participação sócio-política da elite empreendedora dentro deste quadro. Nunes comparou indicadores brasileiros com os de outros países para demonstrar a situação atual do Brasil em termos de competitividade, comércio internacional, infraestrutura e logística, burocracia, serviços públicos e inovação, entre outras áreas. “O resultado é o desenvolvimento econômico medíocre, que causa um menor padrão de vida com desigualdades sociais”, afirmou. Segundo Nunes, os setores da educação e do empreendedorismo são os que têm maior capacidade de transformação social.
 
Ele acredita que é preciso desenvolver a capacidade de organizar e mobilizar movimentos por meio de agendas suprassetoriais, que integrem entidades de outros setores, e da construção de soluções de interesse da sociedade. “A sociedade moderna abre espaços para a participação, mas isto demanda compromisso. A omissão é uma irresponsabilidade social e uma falta de cidadania política. A cidadania política pressupõe que as decisões de interesse da sociedade não podem ser delegadas, mas devem ser construídas, acompanhadas e ter um controle por parte da sociedade organizada e mobilizada”, argumentou. Para o empresário, não faltam estudos e propostas qualificadas para reformar o Brasil, mas falta uma “âncora social” para legitimá-las. Ele entende que uma ação de cidadania política é o único caminho para as reformas visando ao desenvolvimento, “que não ocorrem por incapacidade de mobilização de nossas elites qualificadas”, concluiu.
2017-10-30-PHOTO-00000283
Antes da palestra, Walter Lídio Nunes foi recepcionado pela diretoria do Sindimadeira-RS, liderada pelo presidente Serafim Gabriel Quissini. O executivo da Celulose Riograndense estava acompanhado de seu diretor de Relações Corporativas Francisco Bueno, do presidente da Ageflor, Diogo Leuck e do Diretor Técnico da Fepam Gabriel Simioni Ritter. O encontro serviu para agradecer o apoio da Celulose Riograndense na edição do livro alusivo aos 50 anos do Sindimadeira-RS e troca de informações sobre realidade e perspectivas do mercado da madeira, do papel e celulose. Também participaram do encontro o diretor-executivo do do Sindimadeira Moacir Bueno da Silva e vice-presidente do Sindicato, Edemir Giácomo Zatti, que foi homenageado na reunião-almoço com uma Medalha alusiva aos 116 anos da CIC em reconhecimento a seu trabalho comunitário.
 
Voltar