BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
11/10/2021
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
O papel das florestas plantadas no desenvolvimento gaúcho
Na sexta-feira, 08 de outubro, aconteceu o evento virtual “O papel das florestas plantadas no desenvolvimento gaúcho” dentro da 10ª Edição do Seminários das Florestas Plantadas, organizado pela Associação Gaúcha dos Produtores de Florestas Plantadas (Agaflor) em parceria com a Ageflor, na Expofeira de Pelotas. A apresentação do evento foi de Paulo Benemann, Presidente da Agaflor, com moderação de Paulo Cesar Azevedo, Presidente da Ageflor.
O encontro contou com participação do Promotor de Justiça do Ministério Público, Daniel Martini, do secretário adjunto da Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Infraestrutura, Guilherme Souza, do Presidente da CMPC Brasil, Mauricio Harger, do Presidente da Movergs, Rogério Francio, e do Pesquisador da Embrapa, Decio Gazzoni.
Francio destacou que madeira e móveis estão absolutamente relacionados, pois o segmento de madeira é um dos principais fornecedores da cadeia moveleira. “Estima-se que mais de 95% da madeira utilizada através de chapas é de reflorestamento, portanto, a sustentabilidade é um tema que interessa o setor como um todo”, acrescentou. Com 2.800 empresas moveleiras, o Rio Grande do Sul é uma potência nacional na produção de móveis – impulsionando desde madeireiras até fábricas dos mais diversos portes.
Harger aproveitou a ocasião para destacar o projeto BioCMPC, um investimento de aproximadamente R$ 2,75 bilhões, cuja previsão é que sejam criados cerca de 7,5 mil novos postos de trabalho durante a execução das obras e que prevê a implantação de importantes investimentos em modernização operacional, além de novas medidas de controle e gestão ambiental. São 31 iniciativas sendo 9 relacionadas à implantação de novos equipamentos de controles ambientais e o repotenciamento de sistemas já existentes, 8 novas iniciativas voltadas à gestão ambiental e 14 ações de modernização operacional.Ao final, o BioCMPC irá gerar um relevante ganho de performance para a unidade de Guaíba, por meio do aumento de aproximadamente 18% da capacidade produtiva, quando comparado aos nossos resultados dos últimos doze meses. Isso será possível em função da instalação de novos e modernos equipamentos, tais como as linhas adicionais de picador e peneiramento de cavacos, a realização de melhorias no digestor, no sistema de branqueamento, na secagem de celulose e na caustificação. 

A soma dessas medidas elevam a planta da CMPC em Guaíba para a condição de uma das mais sustentáveis do Brasil. As obras estão previstas para iniciarem ainda em 2021, após a obtenção de todas as permissões necessárias, e a conclusão deve ocorrer em dezembro de 2023.

Outro destaque de Harger é a iniciativa da CMPC voltada RS + Renda que auxiliará produtores a ingressar na silvicultura com suporte técnico, garantia de compra e de preço mínimo da madeira. O RS + Renda é um Programa de Fomento que proporciona todo o suporte necessário para que produtores rurais iniciem na silvicultura produtiva do eucalipto. É um negócio inclusivo que oferece orientação e rentabilidade ao profissional do campo, para que ele seja um agente de transformação do cenário da bioeconomia no Rio Grande do Sul. Para saber mais, acesse https://rsmaisrenda.com.br/

Por cumprirem agenda e missão na Espanha, participaram com vídeo gravado o governador Eduardo Leite, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Gabriel Souza, e  o Secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura, Luiz Henrique Viana.  
Anteriormente, na segunda-feira, 04, também parte da programação da 10ª Edição dos Seminários das Florestas Plantadas, organizado pela Agaflor, em parceria com a Ageflor, aconteceu o painel sobre o cenário nacional. O encontro “O papel das florestas plantadas no desenvolvimento brasileiro” contou com a abertura de Paulo Benemann, Presidente da Agaflor, moderação de Diogo Leuck, Presidente do Conselho Deliberativo da Ageflor e a participação do Senador Luiz Carlos Heinze; de Erich Shaitza, Chefe Geral da Embrapa Florestas; Luíz Ramires Júnior, Presidente da Câmara Setorial das Florestas Plantadas; e Fernando Castanheira, Coordenador Geral de Fomento e Inclusão do Serviço Florestal Brasileiro.

Sobre a Expofeira de Pelotas

A Expofeira de Pelotas é promovida pela Associação Rural de Pelotas e conta com a co-realização da Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS) e do Sindicato Rural do município. O evento é uma das principais feiras do setor agropecuário do Sul do Brasil. 

Neste ano, o evento repete a experiência de 2020, com transmissões e estandes digitais por meio de plataforma imersiva, mas também promove feira física aberta à visitação, com respeito aos protocolos sanitários.

 
Voltar