BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
18/10/2021
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Nota de Pesar – Julio Morandi

A Associação Gaúcha de Empresas Florestais – AGEFLOR, com pesar, recebeu a notícia de falecimento do senhor Julio Morandi, ocorrido neste último domingo, dia 17 de outubro.

Julio, diretor da Jimo, foi muito participante da Ageflor como associado, compôs parte dos conselhos e diretorias e diferentes gestões. Nossa Associação com muita orgulho teve sua colaboração em nossa trajetória.

Da mesma forma, a Jimo sempre foi e é uma propagadora à população de mensagens informativas do papel da sustentabilidade dos plantios de árvores e fazendo jus ao lema de qualidade comprovada.

Prestamos aqui nossas condolências à associada Jimo, a sua diretoria e seus colaboradores, à família e aos amigos.

 

TRAJETÓRIA DE VIDA

Julio Luiz Pereira Morandi era sócio da empresa Jimo Química desde 1973. Formado em 1972, como Farmacêutico-Bioquímico, pela Ufrgs, veio morar em Cachoeirinha no ano de 1980, quando começou a construir a nova sede na empresa no Distrito Industrial. A Jimo é uma empresa familiar fundada em março de 1956. Atualmente está em sua terceira geração. São 60 anos de atividades. Hoje já conta com um escritório de vendas em Curitiba, no Paraná, e uma filial (Centro de Distribuição) em Guarulhos, São Paulo.

Atualmente, produzem inseticidas industriais, inseticidas domésticos, conservantes de madeira, detergentes e correlatos de produtos para aplicação na indústria metalúrgica e automotiva. A Jimo tem como objetivo ampliar e diversificar sua linha de produção, compatibilizando qualidade e eficiência com baixo custo para o consumidor.

JULIO MORANDI

Julio Morandi. Foto: Câmara Municipal de Cachoeirinha

 

Julio Morandi atuou por 31 anos no Sindiquim (Sindicato das Indústrias Químicas no RS), sendo seu presidente por 9 anos, até o ano de 2014. Atualmente representa o Sindiquim no Conselho de Representantes, junto à Fiergs. Também fez parte do Conselho Deliberativo da Ageflor (Associação Gaúcha de Empresas Florestais) e participou do Conselho Fiscal da FCCT (Federação Gaúcha de Caça e Tiro). Julio também era instrutor de tiro da CBTE (Confederação Brasileira de Tiro Esportivo).

Em Cachoeirinha faz parte desde 1993 do Conselho Consultivo do Sesi, participando da evolução do Centro de Atividades, que culminou com a inauguração de seu ginásio de esportes. Julio Morandi participou praticamente desde sua fundação em 1981, como diretor do CIC (Centro das Indústrias de Cachoeirinha). E também do Consepro (Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública de Cachoeirinha), praticamente desde sua fundação, em 1987. Julio lembra que o Consepro e o CIC foram os responsáveis diretos pela instalação do Corpo de Bombeiros na cidade.

A JIMO

A Jimo Química é uma empresa familiar 100% brasileira. Em 21 de janeiro de 1956, o químico Julio J. Morandi registrava, oficialmente, sua empresa de inseticidas, com o nome comercial de Julio J. Morandi e marca fantasia JIMO. A sigla unia a primeira letra do seu nome e do nome de sua esposa Ieda, também química e grande pesquisadora, além da sílaba inicial do sobrenome do casal Morandi. Tudo começou dentro de sua própria residência, na Avenida Ceará, Zona Norte de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul. Em 1973, entrou na sociedade a segunda geração dos Morandi. A empresa passou a se chamar Jimo Química Industrial Ltda. Em 1981, a JIMO mudou a fábrica e a logística para o Distrito Industrial de Cachoeirinha, no Estado do Rio Grande do Sul, mas o escritório de vendas ainda permaneceu em Porto Alegre.

A transferência total da fábrica ocorreu em 1985, e, em 1998, a terceira geração da família chegava para ficar, iniciando sua trajetória na empresa “feita para durar”, lema seguido pela JIMO. Possui instalações industriais e laboratórios de ponta, com pessoal treinado e qualificado para suas atividades. A indústria firmou sua presença no mercado e solidificou o conceito que identifica sua marca: “Qualidade Comprovada”. É reconhecida por ser inovadora e possuir o maior número de soluções em inseticidas domésticos no mercado brasileiro. Foi a primeira empresa brasileira a patentear um produto natural no mercado de conservação de madeira, o JIMO Ecomofo. É referência de categoria e líder de mercado em alguns segmentos em que atua, como na preservação de madeira com o JIMO Cupim.

A JIMO valoriza seu maior patrimônio, que são seus colaboradores, e está presente em milhares de pontos de venda em todo país, bem como na exportação para diversos países da América Latina. Atua também no Private Label (marca própria), com operações comerciais de full service ou industrialização para clientes no Brasil e na América Latina. A marca JIMO, o cliente, o DNA na química, o amor pela empresa e a vontade de empreender sempre motivaram seus diretores a seguir os preceitos de uma gestão responsável, olhando para frente e buscando nichos e oportunidades de mercado com produtos inovadores e com uma real qualidade percebida pelo consumidor.

 
Voltar