BibliotecaEventosNotícias da AgeFlorNotícias do Mercado
27/05/2020
Por AGEFLOR
Compartilhar esta notícia
Ageflor lamenta falecimento de José Eugênio Farina

A Ageflor – Associação Gaúcha de Empresas Florestais recebeu com pesar e lamenta ter que transmitir a nossos associados e parceiros do setor de base florestal do Rio Grande do Sul a notícia de falecimento nesta quarta-feira, 27 de maio, em Bento Gonçalves, do Sr. José Eugênio Farina. Aos 95 anos, ocupava a presidência do Conselho Consultivo do Grupo Todeschini e, ao longo da vida, tornou-se um dos grandes nomes do setor moveleiro no Brasil.

José Eugênio Farina (Foto: Sindmóveis Bento Gonçalves)

“Seu Farina”, como conhecido por todos, deixa um legado de empreendedorismo, liderança, trabalho e respeito a todos que conviveram com ele. Lamentamos e compartilhamos o pesar neste momento de perda com sua família, escreveu em nota a Todeschini. Natural de Bento Gonçalves, José Eugênio Farina iniciou sua vida profissional com apenas 12 anos, como balconista de uma farmácia. Ao longo dos anos, trabalhou num armazém de secos e molhados, como balconista numa agência de automóveis até chegar ao cargo de diretor na Metalúrgica Bento Gonçalves e na Farina S/A, respectivamente.

Em 1971, ele adquiriu ações da Todeschini S/A, reconhecida como uma das mais proeminentes fabricantes de acordeões da América Latina, entretanto com o famoso instrumento já entrando em declínio comercial com o advento de instrumentos musicais elétricos. Assim, direcionou sua ação para o mercado moveleiro. Após um incêndio que destruiu todas as instalações, iniciou uma caminhada rumo ao desenvolvimento e crescimento do mercado moveleiro brasileiro. Iniciava-se a fabricação de móveis componíveis. Atualmente, a Todeschini S/A é uma das maiores empresas do setor moveleiro, reconhecida internacionalmente, e atuando em diversos segmentos através de suas coligadas Italínea, Criare, Carraro, Avantti, Todesmade, Todesflor, Grato e Todescredi.

Farina também é reconhecido por sua contribuição comunitária. Durante sua trajetória, integrou diversas entidades empresariais e sociais, sendo presidente do CIC-BG, da Fenavinho, da Apae, do Conselho Administrativo do Hospital Dr. Bartholomeu Tacchini, dentre tantas outras.

Em nota de hoje, o Sindmóveis de Bento Gonçalves ressalta que a Todeschini foi protagonista de uma grande reviravolta na produção de móveis no Brasil nos anos 1970. As novidades implantadas pela empresa naquela época ajudaram a fomentar o papel do designer na indústria e a relevância do polo moveleiro de Bento Gonçalves para o país. Esse marco histórico foi a contratação, pela Todeschini, dos consagrados designers brasileiros José Carlos Bornancini e Nelson Ivan Petzold, resultando no desenvolvimento das cozinhas modulares coloridas, que viriam a se tornar um ícone brasileiro dos anos 1970 e 1980. Até hoje, é tido como um grande caso de inovação mercadológica. A parceria começou 1966, quando os designers foram chamados pela então fábrica de acordeões Todeschini para avaliar alternativas frente à crise daquele mercado, relata o Sindmóveis.

Em 2019, a Ageflor foi gentilmente acolhida pela Todesflor, em Cachoeira do Sul, para realização em conjunto com o Sindimadeira-RS e a Embrapa Florestas de Encontro Técnico sobre controle e monitoramento da vespa-da-madeira. Aproximadamente 30 participantes da atividade acompanharam a atividade, ocasião em que Seu Farina, um entusiasta do setor florestal, já não pode estar presente, mas que a Ageflor é grata pela atenção recebida pela família e profissionais e oportunidade de aproximação de elos do setor.

José Eugênio deixa a esposa Lourdes e quatro filhos: João, Paulo, Ricardo e Virginia, além de oito netos, três noras e um genro. Nossos sentimentos aos familiares, amigos e todos colaboradores das empresas do Grupo Todeschini S.A.

 
Voltar